Amsterdam – e tudo que diziam é verdade!

Nesta e nas próximas postagens, tentarei atualizar este blog com trechos do rolê que se inciou no dia 01/04/2013 (segunda-feira), quando embarquei para Amsterdam, e que foi previsto para durar 6 meses. O percurso foi planejado para terminar em Lisboa, e é bom que esteja aqui registrado, pois sei que ele vai mudar um milhão de vezes, mas a passagem de  está comprada, a partir de Lisboa. Vou tentar atualizar conforme a viagem ainda está em andamento. Pode ser que eu demore para inserir um novo post, mas quando ele estiver aqui pode ter certeza de que foi postado fresquinho!

IMG_5412

Quem em sã consciencia estaciona as magrelas assim??? O vento, claro!

Neste exato momento estou em Amsterdam, em um bairro chamado Bos En Lomer, a poucos quilometros do centro velho. Daqui devo partir para o leste, para chegar na Alemanha, provavelmente só no final da semana ou no comecó da semana que vem. Estes dias (ontem e hoje) senti frio, que na verdade é muito frio (já me disseram que agora está fazendo mais frio do que no Natal), principalmente quando venta. Mesmo assim passei o dia inteiro pedalando pela cidade, me perdendo, me encontrando e encontrando um monte de coisas legais.

Pedalar pela cidade é uma experiência incrível, principalmente para quem está acostumado a se virar nas avenidas e estradas de São Paulo. Para quem não tem o cacuete da bicicleta pode ser bastante complicado. Muitas pessoas utilizam a magrela por aqui, e ela tem preferência sobre todos os outros veículos. Alguns ciclistas espertinhos se aproveitam disso e passam por cima de todo mundo, inclusive dos pedestres. Existe uma preferencial, e quem não está muito acostumado pode acabar levando uma bronca, ou até se envolvendo em um acidente.

_MG_5318

Assim chegou meu Camelo, em frangalhos!

Mas não é dificil se acostumar. É posivel atravessar a cidade inteira, que não é pequena, pedalando, e em pouco tempo. Se não estiver ventando então, mais fácil ainda. A maioria dos vikings é gente boa, bem ao contrário do que vemos nos filmes, onde são chamados de bárbaros. Por aqui eles te recebem muito bem e tem uma tendência forte a puxar longos papos, quase intermináveis! Logo que saí do aeroporto tive dificuldades em montar minha magrela. A corrente estava toda retorcida e acabou se partindo. Com as ferramentas que tinha em mãos não consegui fazer o reparo e optei por pegar o trem até a estação central. A caminh da estação conheci Anneka, uma comissária de bordo da empresa KLM, que me ajudou a encontrar uma biciletaria e por fim me ofereceu abrigo, em um quarto/depósito no sótão da sua casa.

_MG_5322

Horrível o visual da janela do porão onde fiquei hospedado!

Ela me deu boas dicas de como me locomover na cidade, que embora seja muito bonita e organizada, é fácil de se perder. As construções são muito parecidas e você está sempre pegando pequenas pontes, atravessando uma infinidade de canais. Mas com um mapa na mão e muita boa vontade para guardar nomes esdruxúlos você chega lá! No meu caso, fui conhecer o centro velho, que diga-se de passagem é lindo, e cheio de vida. As construções à beira dos canais são um encanto e despertam uma forte vontade de viver no local.

_MG_5435

Os canais no centro da cidade são de encher os olhos!

Infelizmente eu não consegui ver as tulipas florescendo, coisa que eu esperava encontrar nesta época. Segundo alguns “locais”, a temperatura agora deveria estar em torno de 15 graus, e não os tenebrosos 2 graus que estamos vivendo. Mas a vida segue, basta colocar todas as roupas que você trouxe na mala ao mesmo tempo e tentar se abrigar do vento que você será feliz!

_MG_5452

Em Amsterdam as motos pequenas também podem usar as ciclovias, mas nÃo as faixas de pedestre!!!!

_MG_5455

Essa vai pra série: Mamães guerreiras!

IMG_5428

Vai levar o filhote no rolê? Não esqueça do carrinho de bebê!

Advertisements

3 responses to “Amsterdam – e tudo que diziam é verdade!

    • Eu tenho a ferramenta Clema, mas não era das melhores. É uma que vem num kit que vai no chifre….enfim, o que faltou mesmo foi um alicate de precisão, que depois que eu peguei emprestado resolveu a parada!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s