Uma aventureira transamazônica

Em 1978 foi realizada a primeira travessia de bicicleta na recém inaugurada (1972) Rodovia Transamazônica. Hoje, mais de 30 anos depois, o percurso ainda merece muito respeito e embora esteja cada vez mais badalado entre cicloturistas são poucos os que se aventuram de magrela por lá. Com uma bicicleta de ferro, sem suspensões, apenas 6 marchas e aros 700 (com pneus relativamente finos), a primeira pessoa a fazer essa loucura foi uma neozelandesa chamada Louise Sutherland!

Br-230mapa

Na época a cicloturista tinha mais de 50 anos completos e fez o que nenhum ser humano havia feito até então. Lendo um post sobre o assunto no blog O Bicicreteiro não pude deixar de prestar também minha homenagem a essa grande mulher, que me fez lembrar muito da britânica Anne Mustoe, que após mais de 50 anos de vida completos passou a viajar de bicicleta, completando a volta ao mundo na década de 80.

Saudações à todas mulheres cicloturistas!

Leia aqui o post do grande Andre Pasqualini no seu ótimo blog O Bicicreteiro

 

Advertisements

2 responses to “Uma aventureira transamazônica

  1. Eduardo,

    eu lembro, mas não tenho mais o registro, que, nos anos 70, 80 e 90, houve varios ciclistas “fazendo” a Transamazônica (alias, eu fiz um pedaço dela de Kombi e de caminhão). Entre eles alguns brasileiros. A TA estava mais transitável no começo, depois chegou a decair. Mas pode ser feita – fora da época de chuva! Precisa de muito tempo e de mais sorte ainda.

    Abs

    Wolf

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s